Carregando

Carregando - Soprano

Cotação

0

Solicitação de Orçamento

Você adicionou um item à sua solicitação de orçamento:

Adicione itens para continuar.


Resumo da sua solicitação de orçamento


Qtd. Produto Código

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso

Sua solicitação foi enviada com sucesso!

Fique atento ao seu e-mail, em breve você receberá o retorno do seu orçamento.

Downloads

0

Meus downloads

Faça download dos arquivos selecionados.

Adicione itens para continuar.

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Download concluído

Casa

Segurança e Proteção

Você sabe a diferença entre o minidisjuntor norma DIN e NEMA?

Tempo de leitura: 4 minutos

Os minidisjuntores estão, sem dúvida, entre os componentes elétricos mais usados no dia a dia. Conhecidos também como “chaves” de ligar e desligar o padrão de energia, sua principal função é oferecer proteção das instalações elétricas contra curtos-circuitos e sobrecargas elétricas. Assim, em caso de sobrecarga, em que a corrente elétrica do circuito esteja acima da nominal do disjuntor, ele automaticamente se desarmará, protegendo o circuito. 


Porém, se você já precisou fazer a compra desses componentes, pode ter se deparado com algumas diferenças entre eles, sem ter certeza qual era o mais indicado para a sua situação. Atualmente, existem dois tipos de minidisjuntores no mercado: o NEMA (padrão norte-americano e popularmente conhecido como disjuntor preto) e o DIN (padrão europeu).


Mas qual a diferença entre eles? É o que veremos a seguir


Entenda mais sobre a função do disjuntor

 

Antes de entender a diferença entre os tipos NEMA e DIN, é importante explorar mais a fundo os fundamentos desses interruptores elétricos. No primeiro caso, são chamados de termomagnéticos, uma vez que possuem dois tipos de disparadores: o térmico, que tem como função proteger contracorrentes de sobrecarga, e os magnéticos, com função de proteger contracorrentes de curto-circuito.


Mas, apesar de ambos serem muito conhecidos e utilizados em instalações elétricas, especialmente as residências, eles possuem variações que os diferenciam. E é nesse ponto que são divididos entre norma DIN e NEMA. 


Qual a diferença entre minidisjuntores norma DIN e NEMA?



Então, como mencionamos, é possível encontrar hoje no mercado dois modelos de minidisjutores para baixa tensão. O primeiro, chamado de NEMA, é norte-americano e fabricado na cor preta, de acordo com a norma RTQ contida na portaria do INMETRO 243 e norma 60947-2. Já o segundo é o tipo DIN, europeu e de cor branca, manufaturado de acordo com a norma da ABNT NBR NM 60898.


E, claro, devido a suas diferentes características de fabricação, esses dois tipos de minidisjuntores também servem para finalidades e atuações diferentes. A seguir, confira quais as diferenças desses modelos e qual melhor para ser aplicado no seu caso.



Minidisjuntores padrão NEMA



Em geral, são encontrados em instalações mais antigas, mas também podem ser utilizados em construções relativamente recentes. Porém, por estarem de acordo com uma norma regulamentadora diferente, possui características especificas desta norma. Confira, a seguir, suas principais características:


● Material de fabricação: por conta de seu uso, são produzidos a partir de uma resina sintética resistente ao calor e quimicamente estável, conhecida como baquelite.


● Característica do disparo magnético: seu disparo e curva de atuação são maiores, principalmente pelo magnético não possuir uma bobina. Seu funcionamento depende da intensidade de corrente para o desarme, levemente mais lento que o DIN.


● Fixação: fixação em trilho DIN, possuindo bornes com parafusos tipo olhal; 


● Curva de atuação: característica da norma NEMA (figura 1)


● Norma: fabricados a partir da norma 60947-2, com certificação INMETRO compulsória de até 60A.


● Soprano conta com a linha de minidisjuntores NEMA até 100A (ASMGII)


 Minidisjuntores padrão DIN



Esses disjuntores podem ser identificados por sua cor branca e seguem as normas IEC, da Comissão Eletrotécnica Internacional, mas equivalentes às mesmas exigidas aqui no Brasil. Confira, abaixo, as principais características deste modelo:


● Material: fabricados a partir de um termoplástico de engenharia, geralmente poliéster. 


● Característica do disparo magnético: possui uma bobina para desarme quando o curto circuito ocorrer, sendo independente da sobrecarga, que ocorre por meio de um bimetal.


● Curvas de atuação: ocorrem de acordo com a classe do disjuntor, podendo ser Curva B, C ou D (ver figura 2)


● Normas: fabricados a partir da norma 60898-1 e 60947-2, com certificação INMETRO compulsória de até 63A (60898-1).


● Soprano tem disponível os modelos de minidisjuntores 3kA/5kA – SHBGII | 6kA – SHB-L | 10kA - SHB-X todos com capacidades de interrupção (kA) distintas.


             CURVA B                                          CURVA C                                   CURVA D

 

Por fim, é preciso ressaltar que disjuntores tipo DIN possuem uma resposta mais rápida em comparação aos NEMA e, por isso, são muito utilizados em quadros residenciais, principalmente da curva C. Por outro lado, o minidisjuntor NEMA é mais encontrado em instalações antigas e padrões de entrada em algumas concessionárias de energia. 


Entretanto, seja qual for a sua escolha, ambos atendem as normas e são certificados INMETRO para o mercado brasileiro e internacional, tendo suas aplicações específicas para cada tipo de instalação. 


A Soprano é especialista em materiais elétricos e oferece os dois modelos de minidisjuntores, oferecendo sempre a qualidade característica da marca.


Conheça agora a nossa linha completa de minidisjuntores.


 

 

Publicado por Soprano, dia 28/04/2021

Ficou com alguma dúvida?

Fale Conosco