Carregando

Carregando - Soprano

Cotação

0

Solicitação de Orçamento

Você adicionou um item à sua solicitação de orçamento:

Adicione itens para continuar.


Resumo da sua solicitação de orçamento


Qtd. Produto Código

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Sua solicitação foi enviada com sucesso!

Fique atento ao seu e-mail, em breve você receberá o retorno do seu orçamento.

Downloads

0

Meus downloads

Faça download dos arquivos selecionados.

Adicione itens para continuar.

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Download concluído

Casa

Pistão para móveis: saiba como escolher o modelo certo

Tempo de leitura: 8 minutos

O Pistão para Móveis tem a função de proporcionar uma abertura suave e silenciosa, você já deve tê-los visto em portas de móveis basculantes. Todavia, muitos conhecem esse produto como "pistão a gás", mas nem sempre essa definição está certa. Existem alguns tipos, como os de força inversa, que são a óleo.


Por isso, é importante entender mais sobre pistão para móveis. Questões de instalação, diferença entre modelos e cargas suportadas influenciam na escolha do modelo.


Para facilitar esse processo, a Soprano reuniu em um só lugar as respostas para as principais dúvidas sobre esse tema - confira!



O que é pistão para móveis


Em linhas gerais, o pistão para móveis é utilizado para sustentar e facilitar a abertura e fechamento de portas basculantes de móveis. Além disso, ele permite uma abertura mais suave e silenciosa, o que contribui para a harmonia do espaço residencial.


Outro ponto de destaque é o seu design arrojado: o pistão contribui para um ambiente mais elegante e moderno.


Nesse sentido, os acabamentos branco e prata combinam muito bem com os móveis, os deixando mais clean. É o caso do modelo Soft Closing, por exemplo, que é uma excelente opção para quem preza pela elegância e suavidade na abertura e fechamento de portas e armários.


Sua aplicação pode ser feita em móveis de diferentes materiais, como madeira, alumínios, entre outros. Por último, existem duas opções de acionamento do pistão para móveis:

 

  • Acionamento normal, em que a abertura da porta é para cima;
  • Acionamento inverso, em que a abertura da porta é para baixo.


Quando optar pelo pistão para móveis?


O pistão para móveis é uma componente utilizada em portas de armários basculantes, permitindo uma abertura para cima ou para baixo e fechamento suaves. De acordo com o tamanho e peso da porta, pode-se escolher a opção mais adequada de pistão.


Para portas grandes, por exemplo, o mais indicado é o uso de dois pistões por porta. Já os modelos mini, que são menores do que os convencionais, são recomendados para espaços mais otimizados.


Agora, caso o cliente queira portas que abrem para baixo, o pistão a ser utilizado é o de força inversa. Sendo assim, a força precisa ser avaliada de acordo com o peso da porta. Isso acontece porque, ao abrir a porta, o pistão vai liberando aos poucos, até que a porta fique toda aberta.


Conheça os tipos de pistão para móveis


Como vimos anteriormente, existem dois tipos de acionamento do pistão para móveis: o acionamento de força normal e o acionamento de força inversa.


É importante entender, portanto, a diferença desses modelos, pois cada um serve para um movimento específico.


Vale ressaltar que sempre devem ser usadas dobradiças caneco sem pistão, além dos pistões para móveis. Afinal, é a própria dobradiça que vai fazer a porta “articular”.


Confira, abaixo, as diferenças de acionamento de pistão:


Pistão acionamento força normal


Esse é o tipo de pistão mais encontrado, utilizado em móveis que abrem para cima. É o caso de armários localizados na parte superior dos móveis, sejam eles residenciais ou empresariais.


Com esse tipo de acionamento, existem os modelos:

 

  • Pistão com acionamento força normal: Para portas tamanho padrão com abertura para cima.


  • Pistão mini acionamento força normal: Específicos para armários com modulação compacta e abertura para cima.



  • Pistão soft closing com acionamento força normal: Também são indicados para portas tamanho padrão com abertura para cima. Esse modelo se destaca ao proporcionar o fechamento suave. Logo, é a alternativa ideal para quem busca elegância em cada detalhe.



Leia também: Pistão Mini Normal e Inverso Engate Fácil



Pistão acionamento força inversa


Já o pistão inverso, como o próprio nome já indica, é usado em portas que se abrem para baixo. Sendo assim, elas geralmente estão posicionadas na parte inferior dos móveis.


Com este tipo de acionamento, existem os modelos:

 

  • Pistão com acionamento força inversa: Para portas tamanho padrão com abertura para baixo.


  • Pistão mini acionamento força inversa: Específicos para armários com modulação compacta e abertura para baixo.



Nesse sentido, é necessário lembrar que a força do pistão para móveis tem que ser de acordo com o tamanho e peso da porta.


Quando há abertura para baixo, o pistão vai liberando a porta aos poucos, até que ela fique toda aberta. Do contrário, vai ser uma abertura bruta, o que pode causar acidentes.


Leia também: Pistão Inverso Engate Fácil Branco Soprano



Instalação de pistão para móveis


Outra dúvida bastante comum é em relação à instalação do pistão. Ele pode ser instalado em móveis com portas basculantes de diferentes materiais.


Dessa forma, é bastante utilizado em escritórios e cozinha, pois proporciona um design diferenciado e otimiza o espaço do ambiente.


Na hora de instalar, é preciso tomar bastante cuidado e seguir bem as orientações. Lembre-se de que cada modelo tem suas próprias medidas, o que influencia na instalação e funcionamento.


Além do mais, outro ponto de atenção está na altura do móvel — não pode ser baixa a ponto de causar acidentes, mas também não pode dificultar o fechamento da porta por ser alto demais.


A instalação é feita com 5 parafusos. Desses, 3 fixam o conector na lateral do móvel, e 2 fixam na porta do móvel. As hastes devem ser instaladas sempre voltadas para baixo, para garantir a correta funcionalidade do pistão para móveis.


Mas atenção: devido a montagem dos componentes do pistão, não é preciso lubrificar o produto. Ao contrário do que se pensa, essa prática não é boa para os pistões e pode avariar o produto, ocasionando perda de funcionalidade.


Além disso, os modelos coma funcionalidade “engate fácil” permitem uma instalação ainda mais fácil.

Dessa maneira, o modo de fixar os conectores no pistão através de um simples encaixe facilita a montagem e desmontagem do produto no móvel.


Após parafusar os conectores na porta e na parede do móvel, o marceneiro ou responsável pela instalação precisa retirar as tampas dos engates do pistão, engatá-lo sem as tampas dos conectores e então colocar as tampas de volta.


Para retirar o pistão, é só desencaixar as tampas e depois desengatar o pistão dos conectores.


Pronto! Seu pistão está bem fixado e seguro para uso.



Como calcular a força do pistão


Para calcular a força do pistão, uma das principais dúvidas é em relação ao peso da porta. Esse cálculo influencia diretamente na força do pistão a ser escolhido.


Sendo assim, o primeiro passo é saber as medidas da porta — ou seja, a altura (A), largura (L) e espessura (Esp). O mais indicado é fazer essa medição com uma trena, para garantir mais precisão.


Depois, é preciso calcular o baricentro da porta. Esse conceito refere-se ao centro de altura da porta, e nada mais é que a altura (em mm) dividido por 2.


A seguir, trouxemos um exemplo de como calcular a força do pistão. Essa conta é válida para todos os modelos: o de Força Normal, Inversa, Pistões Soft, Mini de Força Normal, e Mini de Força Inversa.


Cálculo


Para este exemplo, vamos usar o peso específico (PE) do MDF/Aglomerado, que é de 750kg/m3. É necessário fazer os seguintes cálculos:


  •  Cálculo do peso da porta: Largura (m) x Altura (m) x Espessura (m) x PE = Peso da porta (kg).
  • Cálculo do baricentro: Altura (mm) / 2 = Baricentro (mm)
  • Cálculo força do pistão: Peso da Porta (kg) x {(Baricentro (mm) / Curso útil (mm)} x 1,25 (constante).


Para fins deste exemplo, vamos usar uma porta em MDF com 800mm de largura, 400mm de altura e 18mm de espessura. Nesse caso:


  • Peso da porta: 0,8 x 0,4 x 0,018 x 750 = 4,32kg
  • Baricentro: 400 / 2 = 200mm
  • Força aproximada do pistão: 4,32 x (200 / 91) x 1,25 = 11,87kg
  • Força dividida por 2 pistões: 11,87 / 2 = 5,94kg

 

Sendo assim, para este exemplo, o mais indicado é a utilização de 2 pistões com força 60N. Nesse sentido, vale lembrar que 1Kg é equivalente a aproximadamente 10N.


Dicas para ajudar a escolher o pistão certo


Agora você já tem as informações necessárias para ajudar seus clientes a escolherem o pistão para móveis mais indicado.


Por isso, para facilitar essa conversa, a Soprano desenvolveu um pequeno checklist com perguntas a fazer a seu consumidor.


O indicado é levar essa lista nas conversas com os clientes. Assim, você garante que nenhum ponto será esquecido, e a outra pessoa com certeza vai apreciar esse cuidado extra. Afinal, um dos pontos mais importantes nessa relação é a confiança entre revendedor e cliente.


Por isso, não se esqueça das seguintes perguntas:


  • Quais são as dimensões e peso da porta do móvel?
  • Qual é o material específico do móvel?
  • O móvel precisa de abertura para cima ou para baixo?
  • Qual é a largura do móvel? Se for muito largo, o mais recomendado é usar dois pistões.


Esperamos que esse artigo tenha ajudado você a conhecer mais sobre o pistão para móveis.

Escolher o modelo certo é essencial caso você queira aberturas suaves e silenciosas.


O modelo de pistão engate fácil Soprano proporciona ainda mais praticidade na hora da instalação.


Saiba mais sobre o produto com o nosso artigo clicando aqui!



Publicado por Soprano, dia 22/12/2020

Ficou com alguma dúvida?

Fale Conosco