Carregando

Carregando - Soprano

Cotação

0

Solicitação de Orçamento

Você adicionou um item à sua solicitação de orçamento:

Adicione itens para continuar.


Resumo da sua solicitação de orçamento


Qtd. Produto Código

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Sua solicitação foi enviada com sucesso!

Fique atento ao seu e-mail, em breve você receberá o retorno do seu orçamento.

Downloads

0

Meus downloads

Faça download dos arquivos selecionados.

Adicione itens para continuar.

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Download concluído

Bem estar e Saúde

Casa

Marmitas térmicas: praticidade e sabor no dia a dia do seu cliente

Fazer uma refeição fora de casa ou ter uma rotina atarefada pode causar problemas na nossa alimentação. Nessas situações, as marmitas térmicas são as opções ideias para quem precisa se alimentar fora de casa, seja por motivos como economia financeira ou até mesmo para manter uma alimentação saudável e regrada.


Acordar cedo para a faculdade ou academia, ir para o trabalho, fazer uma atividade extra à noite e chegar em casa cansado são situações que, se não organizadas previamente, podem fazer com que esqueçamos de nos alimentar.


Por isso, se o seu consumidor busca praticidade e utensílios para facilitar o seu dia a dia, mostre para ele os benefícios de utilizar as marmitas térmicas.


Para ajudar nessa tarefa, preparamos um artigo com tudo o que você precisa saber sobre as marmitas, como especificações técnicas, principais dúvidas do consumidor, tipos e modelos, composições de fabricação, qualidades e muito mais. Confira abaixo.


O que são marmitas térmicas?


A marmita térmica é a maior aliada para uma alimentação saudável. Afinal, seu tamanho e material pode agradar dos mais simples aos mais exigentes consumidores.





Disponível em diferentes formatos, como redondas, quadradas ou retangulares, é uma aliada importante para organizar a refeição e manter os alimentos na temperatura desejada por mais tempo.


Ou seja, se a opção é levar um lanche ou jantar congelado para o trabalho , a marmita térmica vai mantê-la dessa forma. Mas, se o seu cliente acorda cedo para preparar o seu almoço e quer comer a refeição na temperatura adequada, as marmitas térmicas também resolvem a questão.


Nesse sentido, as marmitas térmicas foram projetadas para que o seu cliente consiga conciliar todas as atividades do dia com uma alimentação balanceada e saudável. Se ir para casa almoçar não faz parte da rotina do seu cliente, com a marmitas térmicas, ele consegue levar um pouco do gostinho de almoço em família para outros ambientes.


Mas, para garantir que a marmita vai manter os alimentos na temperatura desejada pelo tempo necessário, é preciso saber escolher o modelo e a marca ideal.


As marmitas térmicas servem para quem?


A maior porcentagem de busca de marmitas térmicas é feita por pessoas com uma rotina agitada que querem uma alimentação regrada e e desejam evitar gastos com refeições fora de casa.


Afinal, a marmita térmica não serve apenas para refeições mais elaboradas, como almoço e jantar, ela também é indicada para pequenos lanches e snacks, como saladas, por exemplo, que precisam de um tempo de conservação maior.


Sendo assim, servem para muitos públicos: clientes que possuem muitos compromissos ao longo do dia, empresários, mães que precisam deixar o almoço dos filhos protegido do calor, pessoas com hábitos próprios de consumo, como vegetarianos, veganos ou até mesmo quem tem alguma intolerância alimentar que sente dificuldade para encontrar um local com uma refeição adequada. Também servem para pessoas que queiram aproveitar o tempo de almoço de forma mais relaxada, em ambientes como o trabalho, em que o tempo de almoço costuma ser limitado. 





Elas também são indispensáveis dentro das Usinas, pois são consideradas como um EPI (Equipamento de Proteção Individual) que deve ser entregue aos colaboradores, com o objetivo de garantir que eles tenham uma alimentação equilibrada.

Existem também empresas que estão se especializando em sustentabilidade e, ao invés das tradicionais marmitas de isopor, estão investindo em marmitas térmicas retornáveis ou reutilizáveis.


Muito comum na indústria de bebidas como refrigerantes, os compartimentos retornáveis garantem uma melhora no meio ambiente. Sendo assim, eles reduzem o uso de materiais descartáveis, que demoram anos para se decompor, além de ser mais higiênico.


Além disso, muitas empresas trabalham com marmitas retornáveis para cada cliente. Ou seja, a cada X compras por semana ou mês, o cliente ganha uma marmita térmica para chamar de sua e, com isso, sempre que for encomendar a comida, ela virá no seu recipiente.


Dessa forma, além da grande gama de possíveis clientes que compram as marmitas para seu dia a dia, ter no estoque da sua loja opções e modelos de marmitas térmicas pode ser um ótimo negócio. Você pode atrair o público dessas empresas e, assim, ter uma grande oportunidade de aumentar o faturamento da sua loja. 


Marmitas térmicas em múltiplos materiais: conheça modelos


As marmitas térmicas, assim como diversos outros produtos, possuem especificações e características próprias de cada modelo. 


Mas como agradar diversos públicos com o seu produto? Simples. Entendendo as diversas opções do catálogo e adequando ao seu público-alvo.


Afinal, não estamos falando apenas das cores das marmitas térmicas. Mas também tamanhos, capacidades e materiais. A Soprano, por exemplo, possui marmitas térmicas e não-térmicas em tamanhos que variam de 700 ml até 1,5 Litros (Clique aqui para saber mais).





As marmitas térmicas possuem uma parede de isolamento, essa característica, quando a marmita está bem fechada, garante a temperatura do alimento. Já as que não são térmicas, são mais indicadas para utilizar com alimentos em temperatura mais ambiente, elas evitam que o cheiro se espalhe pelo ambiente e deixam a bolsa, mochila ou o local de armazenável mais organizado, sem contar que vários modelos são herméticos, o que ajuda a evitar vazamentos indesejados. 


Além disso, há quem prefira a marmita redonda pois é adepto de caldos ou sopas e o formato de bowl é o mais indicado. Porém, para aqueles que comem um prato colorido com salada e comidas quentes, uma marmita com divisórias pode garantir que cada alimento fique no seu lugar.


Por isso, separamos uma lista com alguns dos materiais e modelos mais comuns do mercado para facilitar a sua escolha. Confira abaixo: 


Modelos de vidro


Os modelos de vidro possuem uma enorme vantagem, o fator limpeza. Por serem fáceis de lavar e secar, elas podem ser usadas facilmente para alimentos com molho de tomate ou colorações fortes, por exemplo. Nesse sentido, a marmita de vidro não pega cheiro fácil e é bem prática.


Porém, por ser composta de vidro, ela pode pesar mais que os modelos de plástico. Além disso, são mais fáceis de quebrar se baterem em locais pontiagudos ou caírem no chão.


As marmitas da marca Soprano são fabricadas em vidro borosilicato, possuem tampa hermética que evitam vazamentos e são ideais para transportar, armazenar ou até mesmo assar e dourar os alimentos.  


O produto é totalmente atóxico, livre de Bisfenol-A (BPA Free) e livre de Bisfenol-B (BPB Free). Pode ir ao micro-ondas (sem a tampa), ao forno (sem a tampa), ao freezer ou na lava-louças. Clique aqui e saiba mais sobre o Bisfenol e seus riscos.


É o produto ideal para quem busca uma vida ainda mais saudável e prática. Esse modelo está disponível nos tamanhos de 400ml, 750 ml e 900 ml, nas cores Azul e Vermelha.





Modelos de Plástico Polipropileno (PP)


Um dos termoplásticos mais utilizados em embalagens, as marmitas feitas de Plástico Polipropileno (PP) são os mais tradicionais e populares do mercado, o que resulta em produtos de alto giro para seu PDV. 


Um dos modelos mais tradicionais de marmita térmica é o de Polipropileno de 1,5 litros. Modelos como a Tekcor, por exemplo, chamam a atenção de seu cliente tanto pela variedade de opções quanto pelo excelente custo-benefício. Seu isolamento térmico é em Isopor (EPS), o que garante uma eficiência térmica de 4 horas (considerado com o produto totalmente cheio), seja para alimentos quentes ou frios.


Já para quem tem necessidade de manter a temperatura por períodos ainda mais longos são indicadas marmitas com isolamento em Poliuretano (o mesmo utilizado em coolers), como os modelos Plus Simples e Duplo. Atualmente estes modelos são as melhores do mercado em relação à eficiência térmica, além de apresentarem alta resistência e durabilidade. 






Marmitas Elétricas


Além dos modelos já tradicionais do mercado, ainda pode-se encontrar os modelos de Marmitas Elétricas, uma opção diferente para oferecer aos seus clientes.


Estes modelos possuem uma tomada e servem para aquecer as refeições sem a necessidade de utilizar forno ou micro-ondas.


São as marmitas ideais para aqueles que possuem cozinhas compactas nos escritórios ou até mesmo para quem precisa esquentar a comida para um lanche rápido perto da estação de trabalho.


As marmitas elétricas da Soprano possuem um sistema de pote e base independentes, ou seja, a base pode ficar no local de trabalho e você transporta somente o pote. Além disso, têm presilhas integradas na tampa e vedação de silicone que evita vazamentos.


O aquecimento dos alimentos ocorre por meio do vapor d'água. O produto é bivolt, podendo ser utilizado em tomadas 110v ou 220V e possui certificado pelo INMETRO. 


Outro ponto importante é ser um produto livre de Bisfenol (BPA Free). Ou seja, ao esquentar o seu alimento dentro do recipiente, ele não solta nenhum produto nocivo a saúde. Seu cliente pode esquentar e aproveitar a refeição sem medo.






Como as marmitas térmicas podem aumentar o faturamento da minha loja?


Variedade e qualidade são duas palavras que precisam estar presentes em qualquer revenda de utilidades. Além disso, com a popularização da alimentação saudável e feita em casa, a busca por recipientes para levar os alimentos para o trabalho ou universidade, por exemplo, se tornou um nicho a ser explorado ainda mais pelas lojas. 


As diversas opções, sendo elétricas ou mais tradicionais, fazem com que cada consumidor encontre o modelo que mais se adapta ao seu estilo de vida. Além disso, ter variedade na prateleira pode mostrar para o cliente que sua necessidade pode ser atendida por mais de um produto, fazendo com que o ticket médio da compra seja maior para sua loja. 


Nesse sentido, incluir a venda de marmitas na sua loja pode ser uma solução que seu cliente ainda não considera. 


Para a venda para o seu cliente ocorrer de uma maneira ainda mais eficiente, é muito importante que as marmitas também chamem muita atenção quando estão colocadas nas gôndolas, por isso, opte sempre por marcas que trabalham com embalagens individuais, cintas ou tags que demonstrem os principais benefícios dos produtos.






Escolhendo a marmita ideal: dicas para ajudar seu cliente


Agora que já explicamos sobre o que são marmitas térmicas, seus diferentes materiais e tamanhos, vamos ao tópico das dúvidas mais comuns do seu cliente e público-alvo. Além disso, trazemos dicas para que você possa ajudá-lo na hora da escolha. 


É pretendido usar a marmita fora de casa ou não?


A marmita térmica é recomendada para o consumo dos alimentos fora de casa. Afinal, sem uma geladeira perto ou com um longo tempo de trajeto entre a residência e o trabalho, os alimentos precisam ser mantidos em uma temperatura ideal para a sua conservação. 


Em casa possuímos geladeira, freezer e até mesmo eletrodomésticos para esquentar os alimentos, não havendo a necessidade de utilizar a marmita térmica.


Qual é o tempo de conservação desejado?


Cada tipo de isolante térmico possui um tempo de conservação adequado. As marmitas térmicas com isolamento de Isopor (EPS) garantem até 4 horas, já as de Poliuretano podem sustentar a temperatura por até 6 horas, fria ou quente.


Lembre-se, contudo, que quanto maior a quantidade de alimento, maior será o tempo de conservação da temperatura. Por isso, seu cliente deve optar por marmitas que tenham a capacidade perto ou até mesmo justa da quantidade de comida que costuma levar. Dessa forma, além de manter os alimentos, faz com que eles não se movimentam muito dentro do compartimento.


Sendo assim, alimentos consistentes como feijão, arroz, massas e purês favorecem a conservação de temperatura, principalmente se o produto estiver totalmente cheio. Já alimentos como verduras e frutas favorecem uma menor conservação de temperatura, mas podem ser armazenados sem nenhum problema.


Como lavar a marmita térmica?


Uma dúvida recorrente sobre marmitas térmicas refere-se a limpeza e higienização das mesmas afinal, a comida fica por horas dentro do recipiente e muitas vezes utilizamos elas dias seguidos. A dica é não lavar o produto por imersão, ou seja, deixar de molho em baldes ou pias.


Por isso, a limpeza deve ser feita de modo simples, com esponjas macias e produtos como sabão neutro. Não é recomendado utilizar objetos abrasivos como esponja de aço ou similares para sua limpeza.


Quando houver algum tipo de cheiro, recomenda-se lavar com água e sabão neutro e, posteriormente, deve-se encher o produto com uma solução de água com uma colher de sopa de Bicarbonato de Sódio e deixar por alguns minutos. Após esse procedimento, lave novamente a marmita térmica com água corrente.


Nesse sentido, lembramos que as marmitas de vidro são mais fáceis no quesito limpeza, com o benefício extra de não ficar com cheiro dos alimentos.


É seguro levar alimentos líquidos na marmita térmica?


Sim. A maioria dos modelos de marmita possuem uma boa vedação, até mesmo para o controle da temperatura interna e, consequentemente, para a conservação do alimento. 


Por isso, alguns modelos com travas de silicone garantem que o alimento líquido como caldos e sopas fiquem seguro.


Posso colocar marmita térmica no microondas? E no freezer?


As marmitas térmicas são feitas para serem úteis no dia a dia, por isso, uma das características importantes é saber se o recipiente pode ser levado ao microondas. 


Os modelos de Polipropilento e isolamento em Isopor (Modelos Teckor) podem ser utilizados no micro-ondas facilmente (sem a tampa). Já os modelos de Polipropileno e isolamento em Poliuretano não são recomendados para uso em micro-ondas, pois como este material isolante é mais sensível ao calor, o produto poderá ser deformado quando aquecido.


Em relação ao freezer, os modelos indicados para utilização são os de vidro borosilicato, onde além de irem para o freezer, podem ser utilizados até mesmo no forno (sem a tampa).


Qual a capacidade desejada para armazenar suas refeições?


As marmitas térmicas variam bastante em capacidade e, no mercado, podemos encontrar produtos entre 700 ml e 1,5 litro. Mas como medir uma refeição por litros? 





Um prato fundo preenchido com líquido, por exemplo, possui aproximadamente 240 ml. Ou seja, uma dica para os seus clientes é analisar a quantidade de alimentos que vai transportar medindo com um prato fundo. Dessa forma, você pode auxiliá-lo com a melhor opção.


É necessário a presença de divisórias, ou então de marmitas acopladas, para armazenar diferentes grupos de alimentos?


Essa é uma pergunta frequente e a resposta varia muito de acordo com o estilo de vida e da alimentação do seu consumidor. Vamos pensar que ele gosta apenas de alimentos quentes e secos, como arroz, proteínas, legumes e sem molho. Dessa forma, ter uma marmita térmica sem divisórias pode ser uma boa pedida.


Porém, e se o seu cliente gosta de comer uma salada antes da refeição e não quer que as folhas ou legumes frios encostem no molho ou no caldo da comida, você pode sugerir as marmitas com divisórias. Outra opção são as marmitas acopladas, nas quais ele pode separar os tipos de alimentos em potes do mesmo tamanho que serão unidos por um fechamento lateral.


Quais são as dimensões da bolsa ou mochila que irão armazenar a sua marmita?


A maioria das marmitas térmicas possuem alças para facilitar o transporte. Muitas possuem alças retráteis e presilhas de segurança. Porém, para evitar que o cheiro do seu alimento vaze ou que fique difícil transportar para os locais, uma boa ideia é usar uma bolsa ou mochila para transportar a marmita térmica.


Algumas bolsas também possuem o revestimento térmico, o que garante ainda mais conservação do alimento e tranquilidade nos dias de altas temperaturas. 


Por isso, para garantir que o produto caberá no suporte escolhido, é importante verificar as medidas da marmita e consequentemente as medidas da bolsa. Um detalhe importante, além da capacidade das marmitas, é lembrar que as acopladas são mais altas.


Gostou do nosso texto sobre marmitas térmicas e os melhores modos de vendê-las para o seu público final? Então clique aqui e confira, também o nosso texto com 10 dicas para organização de casa!


Publicado por Soprano, dia 22/10/2020

Ficou com alguma dúvida?

Fale Conosco